quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Vida no Quirguistão #1

Imagem: Internet

Esse post é ao vivo, enquanto escrevo tudo está acontecendo. Muita gente tem curiosidade de saber como é o país que estou vivendo e hoje vou compartilhar uma curiosidade desse lugar tão distante. AS CRIANÇAS BRINCAM LIVRES NA RUA.

Sim!!! Coisa que acontecia no Brasil a 20 ou 30 anos atrás, e que pra mim é tão estranho como Mãe. Vejo crianças nas ruas com suas mochilas nas costas, no auge dos seus 7 anos indo a escola sozinhas, no máximo acompanhadas de seres humanos da mesma idade. As crianças vão ao mercado ou a uma "venda"comprar produtos sozinhas desde muuuito pequenas.

E não consigo controlar meu pensamento que "se fosse no Brasil, quem sabe se eles voltariam pra casa?"

Enquanto escrevo aqui Levi e Luiz estão brincando na rua com duas meninas da idade deles e mais um menininho de 2 anos no máximo e escrevo pra conseguir relaxar, e controlar minha vontade enormeeee de ir lá fora a cada 1 minuto. kkkk Estou basicamente a 3 meses me preparando psicologicamente pra deixá-los sozinhos na rua, mesmo sabendo que tá tudo bem, que isso é normal aqui, pra mim não está tudo bem.

"Eles brincam perto de uma avenida larga, onde passam carros em alta velocidade. E se um carro desgovernado vier?"
"E se alguém levar eles?"

Você deve estar pensando na língua. Não! Eles não falam Russo, talvez umas 10 palavras. E, Sim!!! Eles estão brincando com duas meninas e eles não se entendem, mas no final se entendem.

Qual a finalidade desse post no final das contas?
1. Que você sabia que em alguns lugares ainda é possível brincar na rua sem medo.
2. Que eu consiga relaxar e não parecer uma louca.
3. Que voce e eu reflitamos que quando a gente quer, a gente se entende.

Ahhhh mães amigas... Que a gente seja forte pra deixar que eles cresçam, e que a gente seja sábia pra saber quando deixar!

Os meninos chegaram inteiros. Eu estou feliz que sobrevivi. Orei, escrevi, resisti bravamente, e me disse varias vezes "vai dar tudo certo".
E deu.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

TEMAS GERADORES no Homeschooling- Uma forma divertida de ensinar!

Temas Geradores é um termo utilizado por Paulo Freire pra denominar uma metodologia de trabalho na alfabetização do indivíduo, e é algo simples de entender. Na verdade, os temas geradores, são o mesmo que "Unit Studies" ou estudo dos fenômenos.

Trabalhar com Tema Geradores, é utilizar a REALIDADE pra ensinar, através de um tema, ou fenômeno especifico(ex: Segunda Guerra Mundial),  um assunto comum a todos os alunos, por exemplo: COMIDA, ROUPAS, MUSICA, etc. A regra é que seja algo REAL, que desperte o interesse dos alunos e assim o professor possa ensinar de forma INTERDISCIPLINAR os conteúdos que são necessários. Chama-se Geradores por que “(...) contém em si a possibilidade de desdobrar-se em outros tantos temas (eixos temáticos e subtemas) que, por sua vez, provocam novas tarefas que devem ser cumpridas” (Freire).
Nos projetos escolares, podemos observar claramente algo do tipo "Temas geradores", normalmente existe um tema especifico, onde se trabalha com mais de uma disciplinas os conteúdos da matriz curricular.

Não é tão difícil incluir Temas Geradores no Homeschooling, pelo contrário, é algo simples e divertido.

Você pode planejar projetos semanais, ou mensais, ou pode utilizar uma viagem de família e aproveitar o momento pra ensinar coisas especificas.

Se seu filho está na fase de conhecer novos alimentos, por exemplo, quem sabe a ideia de trabalhar com FRUTAS seria uma boa? O tema frutas possibilita o ENSINO das cores, boca/paladar(parte do corpo), números(contagem 1,2,3), nome das frutas, música, etc. Além de que, seu filho pode ir com você a feira ou ao mercado, escolher frutas, ajudar a lavar, e por ai vai...

Apenas com o tema gerador: FRUTAS, há uma infinidade de possibilidades de aprender. E cada idade tem suas necessidades de aprendizagem. Ou seja: posso utilizar esse tema pra qualquer idade, aumentando o grau de dificuldade e de informações e atividades propostas.

Deu pra entender a ideia?

Uma coisa é certa, é preciso planejamento e muita organização pra fazer funcionar bonito (estou planejando um projeto especial pra "férias" com meus filhos e breve vou compartilhar os detalhes com vocês).
Deixo aqui meu incentivo pra colocar a Mão na massa e inventar projetinhos divertidos!

Beijos e até a próxima!


terça-feira, 10 de outubro de 2017

CÓDIGO DE ÉTICA PARA MULHERES



"Sororidade é a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum." FONTE:https://www.significados.com.br/sororidade/


Uma vez uma senhora que havia me visto a 10 anos atrás me disse:

- Menina!!! Você está irreconhecível!!! Engordou muito, né?

- hahahahahahahahaha (eu rindo pra não chorar, fazendo cara de paisagem junto a "individa")

Opção 1: a mulher tem problemas de vista.
Opção 2: a mulher engordou muito e gosta de dizer que as pessoas engordaram muito.
Opção 3: a mulher é sem noção.
Opção 4: todas as alternativas e mais algumas que não quiz escrever.

Eu reflito muito sobre a necessidade que algumas pessoas tem de criticar outras por milhões de motivos bobos. E fico pensando que quem abre a boca pra criticar um outro ser humano é quem esta mais necessitado de ajuda.
Mas quando eu penso nas MULHERES, simmmm... só as mulheres mesmo, e como elas se sentem bem criticando outras mulheres me ferve uma raivinha, sabe?

A disgramada da mulher só ganha panelas e boneca de presente da infância, com 10 anos quer pintar as unhas, e escovar os cabelos(eu sei que é mais cedo, mas vamos pensar 10 anos pra não ficar tão feio), ai gente, a mulher MENSTRUA, e depois a mulher quer comer pra ser feliz e tem que fazer dietas pra ficar magra, ai depois a mulher tem que ter uma profissão maravilinda, e ganhar dinheiro pra não depender de homem, depois casa ou decide não casar( e é criticada e cobrada em ambas situações), algumas ficam gravidas e tem seus filhos outras não podem ter filhos, outras decidem não ter filhos, e algumas ficam  em casa pra cuidar dos filhos e outras decidem(são obrigadas)trabalhar e nenhuma dessas opções é simples, se você for Mãe, TUDO DANDO CERTO você para sempre vai conviver com a CULPA, um sentimento que nada vai ser suficiente, você vai ficar sem dormir, vai chorar porque queria tomar um banho em paz, vai comer feito um animal por que chocolate alivia por 5 minutos a angustia do seu coração, TUDO DANDO CERTO, você e seu marido vão transar no sofá, ou na cozinha, enquanto as crianças dormem no quarto, e TUDO DANDO BEEEM CERTO, uma vez por ano vocês viajam pra relaxar um pouco longe das crianças. Por que diante de tudo que a mulher vai viver durante uma vida, há uma possibilidade(grande) dela criar os filhos sozinha, aí a coisa é mais complicada fia, é tentar se depilar enquanto dá banho no filho, é luta, é força, é chorar no banheiro, é não poder se dar ao luxo de ficar depressiva, porque seu filho depende unicamente de você, é contratar alguém pra cuidar do seu bb e não encontrar a pessoa certa, é deixar na creche com um nó na garganta, é abrir mão da sua vida pra viver a vida da pessoinha que lhe chama de mãe pra depois de alguns anos ver seu filho ir embora viver a vida dele longe de você(se você nega essa possibilidade, precisamos conversar).
Você pode ter um filho autista, ou não, você pode ter um filho bem educado, ou não, você pode ter um marido, ou não. Você pode ter engordado, ou não. Você pode ter depressão, ou não. Você pode ser a esposa atual, ou não.

NADA, ABSOLUTAMENTE NADA lhe dá o direito de criticar outra mulher, e quando você faz isso, pasme, você é tão ridícula, se você conseguisse enxergar o quão ridícula você é, como isso é incoerente, FEIO, de mal gosto. Nascer mulher nesse mundo é uma dádiva, apenas quando você usa esse "super poder"para aliviar as dores do outro, pra cuidar, pra amar... do contrario melhor nem ter nascido.

Se você é mulher, e tá lendo esse texto eu queria lhe fazer um apelo, um pedido carinhoso e cheio de amor, onde você enxergar uma mulher hoje, diga palavras lindas a ela, diga como ela está fabulosa ou elogie cabelo dela, converse sobre os sonhos dela, diga como seus filhos são educados, ou inteligentes, elogie o trabalho que ela esta desenvolvendo, ofereça ajuda. E se por algum motivo você não tem a mínima vontade de fazer-lo, ou acha que não há nada pra elogiar, fique calada. APENAS.

Até o tolo se passa por sábio quando está de boca fechada, diz a BÍBLIA.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

CURRÍCULO e Avaliação HOMESCHOOLING... Primeiras informações


Sempre fui uma pessoa cheia de ideias próprias sobre educação. Quando fiz o ensino fundamental comecei a questionar o motivo das disciplinas existirem, porque muita coisa não fazia sentido, fui dessas alunas que no meio da aula levantava a mão e perguntava; "pra que vai servir isso na minha vida?"

Pois, estou aqui, depois de tantos anos , formada em Educação, escrevendo pra você e dizendo que muita coisa do nosso currículo NÃO SERVE PRA NADA.

Esse assunto daria uma tese de mestrado, e acreditem, meus dedos coçam pra escrever mais sobre o Currículo do nosso país, todavia, por enquanto esse é um post simples num blog qualquer. Quem sabe um dia, né?!

Vamos ao assunto: Qual o currículo Homeschooling eu escolhi pra fazer com meus filhos?

Escolhi um CURRICULO PERSONALIZADO
Eu peguei como base a Matriz Curricular da Escola Adventista(onde fui aluna toda minha vida e professora por alguns anos), e fiz adaptações segundo nossas necessidades. Minha maior preocupação é que quando voltarmos pro Brasil, os meus filhos talvez desejem voltar pra escola, e se isso acontecer, eles precisam ter uma noção do currículo dado no Brasil.

Portanto, assim como a metodologia que uso com eles, é uma mescla de tudo de melhor de acordo com a necessidade deles, o currículo por enquanto será mais livre, estou usando basicamente as disciplinas:

Inteligencia Emocional-
Linguagem-(Português/Inglês)
Matemática-
Ciências- Metodo de Alfabetização Cientifica(post especial sobre o assunto)
Historia e Geografia-
Música-
Educação Física-

Por que tem inteligencia emocional no currículo? Simples amigos, temos vários gênios por ai que não fazem ideia como tratar humanamente as pessoas, ou que tem sérios problemas de encontrar um caminho, uma profissão, por não se autoconhecerem. Há também os que não são gênios e não se conhecem. Acredito que conhecer a si mesmo, pontos fracos e fortes, quais são nossos objetivos, o que nos faz realmente feliz deveria ser uma preocupação da escola, então esta ai. Faz parte do currículo do Homeschooling dos Lins...rsrsrs


E como você faz a Avaliação? Diariamente, não tenho 30 alunos e assim posso avaliar meus dois alunos de perto de muitas formas através de:

  • Capacidade de resolver conflitos emocionais internos e externos.
  • Relatórios orais e escritos sobre as atividades(normalmente de linguagens, ou documentários que eles assistem.)
  • Leitura supervisionada.
  • Desenhos
  • Teatro e Apresentações musicais.
  • Resolução de cálculos matemáticos, desenvolvimento do pensamento lógico matemático nas situações diárias. 

Espero que tenha ajudado, eu estava montado o currículo detalhado, com os assuntos de Gramatica e Matemática que eles estão vendo, mas perdi o documento. Assim que fica pra um próximo post. Porque esse assunto não acaba. Beijos e até a próxima!

sábado, 23 de setembro de 2017

JESUS, uma menina, e um(dois) ursinho(s) de pelúcia!


Hoje eu acordei, e logo entreguei tudo a Deus
Você sabe né? Quando Ele cuida, fica tudo tão bem
Mas tem uma coisa que não entreguei
Porque isso eu consigo cuidar sozinha
Meu ursinho ficou comigo
Ele é tão fofo
Ele é meu amigo
Não mais que Jesus, claro
Por isso lá no fundo eu sei 
Que Ele(Jesus) sabe
Eu amo tanto meu ursinho
E amo tanto meu Jesus
Meu ursinho me ajuda quando tô entediada
Quando estou com ele fico feliz
Mas tem uma coisa que acontece
Quando estou na escola
Ou saio de casa
Fico com saudade
Às vezes deixo de ficar com as pessoas
Pra ficar com meu ursinho
Fica faltando alguma coisa, entende?
O meu ursinho não é como Jesus
Eu não posso leva-lo a TODOS os lugares
Não combina né?
Tem outra coisa que acontece
Às vezes, eu fico tão feliz com meu ursinho
Que esqueço de Jesus
Ai eu lembro que tinha que entregar pra Jesus meu ursinho
E aí eu quero entregar
Mas em seguida me lembro o quanto o amo 
Eu amo tanto meu ursinho
E amo tanto Jesus 
Jesus me olha assim com um olhar que não sei explicar
E nessa hora penso:
"eu não preciso do meu ursinho"
Aí quando vou buscar, pra entregar a Jesus
Eu sinto o cheiro dele
E me lembro de tudo que passamos juntos
E fico triste porque o estou entregando
E Jesus sempre com o mesmo olhar
Jesus meu amigo
Entende minha tristeza 
Me acolhe com amor
Alguns dizem 
"é so um ursinho de pelúcia"
Não, nunca foi só um ursinho
Eu não fazia ideia
Sabia que Jesus tinha um surpresa pra mim?
Eu ganhei Urso grande
Parece até que aquele que eu tinha era de mentira
porque esse é incrível
Amanhã quando eu acordar
Vou entregar TUDINHO pra Jesus
hoje eu aprendi que confiar nEle 
É a melhor decisão
Jesus, continua como o mesmo olhar
 Que não sei explicar
Parece mesmo que nada pode mudar 
Esse jeito que Ele tem de me amar!

Laís Lins


sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Receita NOSSA de cada Sexta!

A semana passou voando, mas uma sexta e tô chegando pra passar mais uma receita bem delicia pro sábado... simples e deliciosa!
Creme de ABÓBORA:

Uma abóbora média
2 cebolas 
3 dentes de alho
Azeite
Sal a gosto
Creme de leite(1 Caixinha)

Descasca a Abóbora e corta em cubos grandes, corta a cebola e o alho e coloca pra refogar, acrescenta a abóbora e deixa em fogo baixo pra soltar a água, depois acrescente água fervente até o nível da abóbora na panela(apenas). Coloque o sal e deixe cozinhar. Quando estiver desmanchando a Abóbora desligue o fogo, tá? Em seguida bate no liquidificador com o creme de leite, acerte o sal se necessário e está pronto seu creme de Abóbora! Eu acrescento coentro e cebolinha depois que desligo e sirvo em seguida! 

Essa sopa supercombina com uma torradinhas bem pequenininhas chamadas pelo povo chic de CROUTONS. Como faz isso?


Corta em cubinhos pão dormido joga numa forma e em cima vc coloca azeite, orégano, alho amassado(tempere como você gosta) e mete dentro do forno até ficar crocante!!! Esse negócio dentro do creme de abóbora é IN-CRÍ-VEL!

Que o sábado que tá chegando seja a coisa mais linda desse mundo!

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Qual a melhor METODOLOGIA pra o HOMESCHOOLING?

Quando você faz uma breve pesquisa sobre Educação Domiciliar, você encontra um termo chamado EDUCAÇÃO CLÁSSICA, uma educação baseada no TRIVIUM, que explicando bem superficialmente não usa um currículo pré-estabelecido, tampouco se autointitula uma Metodologia, o TRIVIUM é baseado em três caminhos: GRAMÁTICA, LÓGICA, RETÓRICA. Saiba mais acessando o:
https://nossaheranca.wordpress.com/2016/07/01/educacao-classica-o-que-e/comment-page-1/
http://www.familiadetrigo.com.br/2016/06/educacao-classica-hein.html
Basicamente, a proposta da educação classica é ensinar apenas aquilo que vai durar eternamente, ou seja, o que é clássico.

MAS... E ai? Qual a melhor forma de se fazer Educação Domiciliar? 

Pra escolher uma metodologia de ensino, é preciso conhecer um pouco de outras propostas de educação, outras metodologias, outras formas de educar.
Acho importante deixar claro que quando escolhemos uma metodologia, e aplicamos essa metodologia especifica, vamos colher resultados mais EXATOS. Quando escolhemos mesclar metodologias, usá-las como inspiração, os resultados serão diferentes.

Se você me conhece um pouquinho sabe que não sou das EXATAS. Eu gosto mesmo é de conhecer todas as possibilidades e aproveitar o melhor de cada uma. Sendo assim, era de se esperar que a metodologia usada por mim para Educação Domiciliar fosse um tanto mesclada. Escolhi alguns queridinhos pessoais como inspiração pra organizar minhas ideias e meus planos acerca do Homeschooling:


MONTESSORI:

"Em primeiro lugar, pense-se em criar um ambiente adequado, onde a criança possa agir tendo em vista uma série de interessantes objetivos, canalizando, assim, dentro da ordem, sua irreprimível atividade, para o próprio aperfeiçoamento." Montessori

De Montessori eu levo a lição do ambiente adequado, um ambiente que estimule e possibilite o desenvolvimento fisico, e a autonomia. 
Eu sei que a aula é em casa, mas estou de acordo que exista um ambiente próprio para os estudos, que de preferência tenha sido organizado e preparado com ajuda do seu filho. Mas considerando que a casa precisa estar adaptada para afazeres diários comuns a todos, de forma que a criança alcance autonomia nas suas atividades.


EMILIA FERRERO:

“Um dos maiores danos que se pode causar a uma criança, é leva-la a perder a confiança na sua própria habilidade de pensar” Emilia Ferrero

Emilia Ferrero é uma referencia na área de Alfabetização, e você não precisa concordar com ela em tudo pra reconhecer sua importância. 
O objetivo principal de toda educação é ensinar a PENSAR por si próprio. Todos tem essa habilidade. mas a medida que frequentam a escola, se perdem no meio dos conteúdos e provas e perdem junto a habilidade. Num país onde se compartilha informação sem se inteirar dos fatos, aprender a pensar é luxo.

PAULO FREIRE:

“Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser opressor" Paulo Freire

Educar para libertar, primeiro quero que meus filhos aprendam a pensar por si próprios, em seguida eles estarão libertos, libertos para libertar outros da pior prisão que pode existir, a prisão da mente.


RUDOLF STEINER, criador das escolas WALDORF:

Na escola Waldorf, “predomina o exercício e o desenvolvimento de habilidades, e não o mero acúmulo de informações, cultivando a ciência, a arte e os valores morais e espirituais necessárias ao ser humano.” Tenho estudado acerca da pedagogia Waldorf e me encantei com algumas de suas praticas. Uma de suas ênfases são trabalhos manuais, artes e o contato com a natureza. Vale a pena saber mais sobre essa metodologia.

ELLEN WHITE:
“A verdadeira educação não desconhece o valor dos conhecimentos científicos ou aquisições literárias; mas acima da instrução aprecia a capacidade, acima da capacidade, a bondade, e acima das aquisições intelectuais, o caráter” Ellen White 

Uma inspiração, pra mim, os texto dessa escritora americana são sobretudo equilibrados, o equilíbrio que busco pra educação dos meus filhos. 

BIBLIA:

"Ensinai os mandamentos do SENHOR aos vossos filhos, conversando acerca deles quando estiverdes sentados em casa e nos momentos em que estiverdes andando pelos caminhos, ao deitardes e quando vos levantardes para um novo dia." Deut. 11:19

Esse texto é o nosso texto favorito como pais, meu marido e eu já ficamos algumas horas conversando sobre essa metodologia, ela é o nosso lema. Nós ensinamos em todo tempo, inclusive quando vacilamos. Ensinamos sobretudo com o exemplo. Aproveitamos a oportunidade que surge no meio do almoço pra ensinar, quando eles acordam, enquanto vamos ao mercado, na hora de dormir, EM TODO TEMPO, pra mim, essa é a essência da Educação Domiciliar, estar atentos para ensinar na hora oportuna. 

É isso! Não escolhi uma metodologia especifica, por que sou muito doida pra seguir regras, mas tenho essas inspirações comigo.
Vale lembrar que acabamos de começar essa jornada e estamos em fase de teste. Isso significa que estou lendo e aprendendo sobre o assunto e muito provavelmente chegarei a outras conclusões com o decorrer do tempo.
Por enquanto estamos aqui. Mas pra frente a gente se encontra novamente!


REFERÊNCIAS:

BIBLIA 

MONTESSORI, Maria. Pedagogia Científica: a descoberta da criança. São Paulo,
Flamboyant, 1965.

WHITE, Ellen. EDUCACAO. Tatuí, CPB, 1997.



P.S.: Eu prometi que o post seria sobre metodologia e currículo, mas não deu, ficaria gigante, e o post sobre currículo está me dando muito trabalho, aguardem que ele chega e perdoem minhas referencias totalmente fora do padrão ABNT, ainda bem que esse blog não tem intenção de ser cientifico. kkkkk No momento eu só tenho condições de ser prática! 😅


Vida no Quirguistão #1

Imagem: Internet Esse post é ao vivo, enquanto escrevo tudo está acontecendo. Muita gente tem curiosidade de saber como é o país que es...